Nota de repúdio ao STF pela suspensão da multa de R$ 10,3 bilhões da J&F

91
A FENACEF, as AEAs e os mais de 50 mil aposentados da Caixa Econômica Federal vêm a público repudiar a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli, que suspendeu a obrigação do pagamento da multa de R$ 10,3 bilhões no acordo de leniência do grupo J&F.
É inadmissível que a instância máxima do poder Judiciário brasileiro, que deveria ser a última fronteira na proteção dos direitos fundamentais dos cidadãos, seja utilizada como instrumento de manobra para que a J&F se exima da responsabilidade do pagamento de prejuízos causados a milhões de brasileiros.
Apesar de uma decisão transitória, garantida por liminar, continuaremos a agir para evitar que essa grande injustiça seja concretizada. Nesse sentido, intensificaremos nossa atuação em todos os níveis possíveis para que seja avaliado e admitido o nosso pedido de amicus curiae na ação revisional sobre valores devidos pelo Grupo J&F, junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1); além de fortalecer ainda mais nossa atuação no campo político, administrativo e de mobilização contra essa ardilosa tentativa de usurpação de nossos direitos.
🚫 Não à suspensão do pagamento da multa da J&F!
🚫 Não à utilização da Justiça pela J&F como manobra para se eximir de sua responsabilidade!
🚫 Não a todas as tentativas ardilosas da J&F para não pagar pelos prejuízos que causou!
#NÃOÀREPACTUAÇÃO
Fonte: FENACEF

1 COMENTÁRIO

  1. O STF, infelizmente abriga alguns corruptos, não há como aceitar mais essa impunidade!!!
    O Brasil, precisa ser representado por pessoas dignas, que lutem contra a corrupção e justiça. Dias Toffoli engendra posição contrária, apoia os corruptos, será por quê???

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here